segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Não jogue lixo no chão!



Estou cansada, esta cidade está imunda e não venha reclamar da prefeitura e dos varredores de rua que a culpa não é deles não.
A culpa é do cidadão, sim, de quem realmente usa a rua e os transportes públicos.
Hoje foi realmente a minha gota d'água (cadê videozinho educativo?), estava na fila do ônibus, no ponto final, lá é normal estar bem sujo, o povo enquanto espera a condução, fuma seu cigarrinho, toma seu refrigerante, sorvete, etc e joga a embalagem/bituca no chão. Mas Juliana, não tem lata de lixo no ponto, a culpa é do Kassab! Olha, não tem, mas o que custa você guardar na bolsa ou segurar seu lixo um pouquinho até chegar em casa, ou mesmo dentro do ônibus? Vai cair sua mão?

Continuando, estava na fila quando o cara da minha frente lançou o guardanapo da coxinha que consumiu no chão, meu instinto foi de o avisar, mas ele tinha uma super cara de maloqueiro e eu não queria arranjar confusão lá, e além de tudo, passa varredor logo cedo, então tudo bem.

Entrei e lá ia Juminako para casa, quando um garoto de uns 17 anos começou a jogar papéis pela janela, meu sangue começou a ferver, eu ia deixar para lá, e pensar só na minha mudança para algum país de primeiro mundo, mas o danado do papel não saiu por uma janela e deu a volta e caiu na minha mão?
Caiu na minha mão, era um sinal, passei ao lado do garoto e vi que não era tão maloqueiro assim, o cutuquei e falei baixo, mas bem claro:
"Você deixou este papel cair, jogar pela janela é muito feio, depois não venha reclamar que aqui alaga!"
Ele fez uma cara de desprezo e as pessoas em volta me olharam sorrindo, um senhor até piscou.
Se eu toquei ou não na sensibilidade dele, hummm tá, sei que não, não é importante, a questão é que só sabemos reclamar, que está sujo, que alaga, que tem trânsito, inseto, só que que tal fazer alguma coisa?


"Fora Sarney, Não a Belo Monte, chega de corrupção", são o segundo passo, temos que dar o primeiro e qual seria? Respeito ao seu lar.
Sabe, a rua é sua, o "busão" é seu, você paga por isso! Por que não respeita? Mantém limpo?
Preguiça? Falta de educação?

Pense um pouco e faça sua parte. E daí que os outros não façam, comece por você.


P.S. Eu moro pertinho de um rio, ele alaga direto, a prefeitura sempre faz umas limpezas, mas é difícil competir com os moradores jogando sofá e outros objetos.

3 comentários:

Bruno Simomura disse...

Olá!

Achei a sua atitude com o papel muito correta. Quando vejo pessoas jogando cigarro no chão, dependendo da pessoa eu pego o cigarro e digo que ela deixou cair sem querer da mão. Normalmente tive a sorte da pessoa se tocar e ir jogar no lixo.

Mas infelizmente é assim, não sou a favor do governo mas também sei que se está uma imundice dessa por aqui em São Paulo, certamente o lixo que foi jogado no chão e causou essas enchentes e problemas diversos não veio somente da mão de um político, mas da massa da população que não tem consciência.

Lamentável!

andreia inoue disse...

o governo deixa muito a desejar em diversos aspectos...mais o lixo que cada um joga no meio da rua,contribui e muito para a situacao ficar super caotica no periodo das chuvas,...
ate garrafas ja vi jogarem pela janela do onibus, um absurdo.

Anônimo disse...

Júuu,
É isto aí...façamos a nossa parte...e ao menos tentemos alertar aos "distraídos" que façam a deles também! Quem sabe um dia eles se tocam! Infelizmente, as vezes, a impressão que tenho é que algumas coisas só funcionam com punição que dói no bolso...sou a favor de multas por lixo jogado fora do local apropriado, quem sabe assim, algumas pessoas aprendam o significado de respeito ao próximo e a ele mesmo...Beijinhos e continue por este caminho! Cris

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...